Novidades

Capitão da PM, deputado critica Neto por defender Kannário: ‘Apadrinha um fora da lei’


O deputado estadual Capitão Alden (PSL) criticou o prefeito ACM Neto (DEM) por defender o cantor Igor Kannário.

“Qual é o limite, prefeito? Ate quando continuará permitindo essa afronta ao Estado e à lei? Não será isso hipocrisia de sua parte? Falar de ordem e respeito e apadrinhar um fora da lei? Consegue agora enxergar qual o problema ou será necessário que alguma tragédia aconteça para que perceba que não é correto normalizar atitudes como essa?”, escreveu Alden no Facebook, após a apresentação de Kannário nesta segunda-feira (4), no circuito Osmar.

“Hoje, lamentavelmente, agentes da Guarda Civil Municipal foram agredidos por foliões, ditos ‘fãs’ de Igor Kannário, por estarem fazendo o seu trabalho, mesmo com todo o desgaste físico que tantos dias de festa demanda, que aliás, Vossa Excelência preferiu manter apesar das recomendações em contrário dos órgãos de segurança”, postou o deputado.

O cantor parou sua apresentação diversas vezes nesta segunda, ainda no começo do circuito, para criticar a ação de agentes da Guarda Civil.

“Meu prefeito, olhe isso aí. Isso está errado. Segura a onda para a gente fazer o nosso trabalho. […] Tão querendo me boicotar no Carnaval, é? Isso é uma vergonha”, disse Kannário.

O capitão já há havia criticado o artista dias antes e prometido acionar o Ministério Público, por causa da fantasia utilizada pelo cantor, na qual estava bordada a expressão “comando da paz”.

“Quando dizemos que não devemos normalizar atitudes como a do cantor e deputado federal, Igor Kannário, ao se vestir em apologia ao crime organizado, falamos sobre a importância de se respeitar as organizações militares e os profissionais que atuam em serviço à sociedade”, escreveu Alden, após a pipoca desta segunda, no Campo Grande.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário