Novidades

Namorada grávida quer dar nome de ex ao filho e gera polêmica

Um homem iniciou um debate on-line depois de ter revelado que sua namorada quer dar o nome do ex-namorado ao bebê.

E isso, por si só, já poderia ser um problema para qualquer casal num relacionamento, mas, nesse caso, a história é ainda mais complicada, pois o ex em questão já faleceu.

“Minha namorada e eu estamos esperando nosso primeiro filho. Esses dias, estávamos discutindo ideias de nomes para o bebê, e ela disse que gostaria que o segundo nome da criança fosse o nome do ex dela, que faleceu”, contou ele no Reddit.

“Disse ainda que isso significaria muito para a família dele, com a qual ela ainda é bastante próxima.”

O homem então contou que isso fez ele se sentir “muito desconfortável” e que ele não quer fazer isso.

“Eu não quero ter que dizer às pessoas, especialmente ao meu filho, que parte do nome dele é em homenagem a um homem que sua mãe amou antes de mim”, continuou.

“Ela disse: ‘Por que você não pode simplesmente dizer que esse nome é em homenagem a um amigo meu que faleceu? Nós nem estávamos mais juntos quando ele morreu’”.

“Eu continuei dizendo não e disse que é horrível que ela me peça algo assim. Eu sou o babaca da história?”

E isso, por si só, já poderia ser um problema para qualquer casal num relacionamento, mas, nesse caso, a história é ainda mais complicada, pois o ex em questão já faleceu. Foto: Getty Images
A internet ficou bem dividida sobre essa questão, com algumas pessoas dizendo que a situação é “estranha” e sugerindo que o rapaz pense um pouco no ponto de vista da sua namorada.

“Você não gosta desse nome por razões óbvias, e sua namorada deveria respeitar isso. Que tal escolher um nome da sua família ou da família dela?”, comentou uma pessoa.

“Eu entendo que ela pode querer homenagear o ex que faleceu, mas esse é o passado dela e não o seu. Esse filho é seu e você não deveria ter que lembrar do ex-namorado dela sempre que escrever o segundo nome do seu filho”, disse outra pessoa.

Outra pessoa acrescentou: “Eu não acho que ela esteja sendo insensível em sugerir o nome do falecido amigo. Não importa se ainda estavam juntos ou não, ele era alguém importante para ela. Não é diferente de dar o nome de um parente falecido à criança – é uma forma de homenagear alguém que você amava.”



*Yahoo

Nenhum comentário