Novidades

Professora é morta a mando do ex-sogro de seu companheiro


No último domingo (10), dois homens foram presos em em Juazeiro, Norte da Bahia,por suspeita de envolvimento no assassinato da professora Élida Márcia de Oliveira Nascimento Souza, 32 anos. O possível atirador e o mandante do crime (Railton Lima da Silva e Edivan Constantino de Morais) foram presos durante uma abordagem de rotina de policiais militares de Juazeiro, quando a motocicleta utilizada no crime também foi encontrada.

Élida Márcia de Oliveira foi assassinada enquanto saía para o trabalho em seu carro, na companhia do marido Lázaro Pinheiro e da filha dela, de 2 anos, no bairro do Alto do Alencar. Um dos criminosos que estavam numa moto, disparou cinco tiros na professora, que morreu na hora.
O marido da vítima estava sentado no banco do motorista e se feriu apenas com estilhaços de vidro. Já a criança não sofreu ferimentos.

Imagens de câmeras de vigilância auxiliaram policiais da Delegacia de Homicídios de Juazeiro (DH/Juazeiro) e da 17ª Coorpin, na identificação do criminoso e da motocicleta utilizada no crime.

De acordo com as investigações, Railton confessou que Edivan Constantino encomendou a morte para que professora deixasse de ser um obstáculo para a filha dele. A filha de Edivan, que é ex-namorada do companheiro da professora, não aceitava o fim da relação, ocorrida antes da união do homem com Élida Márcia. 

Edivan já tem passagem por homicídio. Os dois presos serão encaminhados para audiência de custódia e as investigações continuam.




*IBahia

Nenhum comentário