Novidades

SIMÕES FILHO: Professores paralisam suas atividades e realizam manifestação na porta da prefeitura

Professores da rede municipal de ensino paralisaram suas atividades na manhã desta sexta-feira (22), na cidade de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. 

A categoria se concentrou na porta da prefeitura local, onde realizaram um apitaço cobrando melhorias do prefeito Diógenes Tolentino (MDB). 

"Estamos reivindicando o nosso piso salarial que não foi repassado desde o ano passado, a categoria está exigindo isso do prefeito Dinha porque infelizmente nós estamos com grandes demandas nas escolas municipais, principalmente os alunos que estão sem água nas escolas, o sindicato está cobrando mais segundo o prefeito ele não tem verba para atender as reivindicações da categoria", desabafou uma professora.

"Estamos na verdade buscando todo tipo de melhorias para a educação, porque essas melhorias que estão sendo divulgadas elas só existem nas propagandas, na realidade a gente não avançou em nada e o que está dificultando todo esse avanço é o dialogo com o gestor que não existe", relatou outra professora. 

"O secretário de educação juntamente com o secretário de governo ficaram de nos atender e passar toda a reivindicação para o prefeito, quero deixar claro que estamos reivindicando desde o inicio da gestão, a reivindicação é justa, todas as demandas estão dentro da lei. Aqui ninguém está brigando com nada, aqui tudo é dentro da lei, e a nossa categoria está sendo massacrada. O dialogo está bom, ele só não atende as ações, a mesa de negociação está aberta, a gente conversa, sem nenhuma briga, mas a gente quer ação, só conversa não resolve", desabafou Lindinalva coordenadora da APLB Sindicato, em Simões Filho. 



Por Ataíde Barbosa


Nenhum comentário