Novidades

Atacante do Amor marca na reta final e garante tricampeonato do Corinthians em São Paulo

Um total de 46.903 torcedores do Corinthians estiveram presentes e comemoraram o Tricampeonato Paulista, ao vencer o São Paulo por 2 a 1, na tarde deste domingo (21) na Arena Itaquera. 

Danilo Avelar abriu o placar para o Corinthians aos 31 minutos do primeiro tempo. O São Paulo chegou ao empate ainda na primeira etapa, aos 47 minutos com o garoto Antony. 

Na segunda etapa, as duas equipes resolveram não arriscar no ataque, com o tempo passando, passando e o Tricolor deixando claro que queria levar a decisão para os pênaltis. 
Aos 41 minutos o goleiro Tiago Volpi caiu na sua área fazendo a tradicional 'cera' em campo. Numa saída de bola rápida, Sornoza resolveu aparecer na partida dando um passe de qualidade para o atacante Vagner Love que bateu de primeira no canto direito de Volpi, marcando o segundo gol do Timão aos 44 minutos.

Por outro lado, o São Paulo segue seu martírio. São seis anos sem um título e 14 temporadas sem levantar a taça do Paulistão. 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 SÃO PAULO
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 21 de abril de 2019, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Danilo Ricardo Simon e Marcelo Carvalho Van Gasse
Quarto árbitro: Douglas Marques das Flores
VAR: Thiago Duarte Peixoto
VAR 1: Emerson Augusto de Carvalho
VAR 2: Rodrigo Guarizo Ferreira
Cartões amarelos: Fagner, Ramiro e Clayson (COR); Reinaldo (SPFC)
Público pagante: 46.481 pessoas
Público Total: 46.903
Renda: R$ 5.014.884,00
GOLS:
Corinthians: Danilo Avelar, aos 31 minutos do 1T, e Vagner Love, aos 44 minutos do 2T.
São Paulo: Antony, aos 47 minutos do 1T

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique (Pedro Henrique) e Danilo Avelar; Ralf e Ramiro; Pedrinho (Vagner Love), Sornoza e Clayson; Gustagol (Boselli).
Técnico: Fábio Carille

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Jucilei (Léo) e Igor Gomes; Antony, Everton Felipe (Hernanes) e Everton (Willian Farias).
Técnico: Cuca



Por Ataíde Barbosa/Foto: Marcos Ribolli/GloboEsporte












Nenhum comentário