Novidades

Presidente da Câmara de Simões Filho lamenta morte do fotógrafo Gileno Ferreira

O vereador Orlando de Amadeu (PSDB), presidente da Câmara, lamentou a morte, aos 74 anos, do fotógrafo profissional, Gileno Ferreira, o primeiro fotógrafo profissional de Simões Filho, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS),

Também conhecido como “Gil fotógrafo”, Gileno faleceu no inicio da tarde de terça-feira (16), no Hospital das Clinicas, na capital baiana, onde estava internado.

Em nota, o vereador recebeu com pesar a notícia e lamentou a morte de ‘Gil Fotógrafo’, primeiro fotografo profissional e “um grande exemplo para todos os que o conheceram”. Orlando se solidariza com os familiares, amigos e colegas e lamenta a perda irreparável para a imprensa simõesfilhense.

“Lamento profundamente a morte de Gil Fotógrafo. A fotografia perde um grande profissional competente pelo seu brilhante trabalho com os seus belos registros que contam a história da cidade. Vai fazer muita falta. Deixo minha solidariedade aos familiares, amigos e colegas”, disse Orlando.

Considerado uma referência, Gil fotógrafo foi o primeiro fotografo profissional de Simões Filho. Ele iniciou na atividade ainda enquanto garoto quando Simões Filho se chamava Água Cumprida. O profissional documentou com seus cliques os momentos mais importantes da história do município e de milhares de pessoas na região.

O fotógrafo retratou alguns que estão expostos através da “Exposição Memórias” na Câmara Municipal de Simões Filho, com imagens que contam a história da cidade. Em 2016, o fotógrafo foi um dos homenageados pelo Legislativo Municipal recebendo o Título de Cidadão Simõesfilhense.

O corpo foi velado na Igreja Assembleia de Deus (templo sede) no centro da cidade e o sepultamento aconteceu nesta quarta-feira (17), no cemitério São Miguel.


*Ascom/Núcleo de Imprensa

Nenhum comentário