Novidades

Rodoviários ameaçam entrar em greve

Os rodoviários capital baiana participam da última rodada de negociação da proposta de reajuste salarial para o ano de 2019. Os trabalhadores se reúnem com os representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setps), na quarta-feira (24), às 10h.

Este ano, os rodoviários pedem 8% de aumento no salário. O reajuste, segundo o vice-presidente do sindicato que representa os trabalhadores, Fábio Primo, deve ser dado até o próximo mês de maio. “Já tivemos duas rodadas e vamos para a terceira. Estamos negociando esse aumento, que é feito anualmente”, explica Primo.

Vem greve por aí?
De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Hélio Ferreira, os trabalhadores ameaçam não trabalhar se o aumento do salário não for negociado.

“Os patrões estão intransigentes em relação a nossas pautas. Eles apresentam a pauta para retirar direitos, querendo tirar um domingo de folga e fazer banco de horas […] O que queremos é nossa reposição salarial com melhorias. Não estamos sendo respeitados na mesa de negociação. Diante desse impasse, estamos organizando a categoria para uma greve. Vamos fazer uma assembleia na quinta-feira e organizar a uma grande greve geral por tempo indeterminado na cidade de Salvador”, disse Ferreira.

A assessoria de comunicação da Integra, no entanto, afirmou que é muito cedo para falar de paralisações. A empresa disse que está em processo de negociação com os trabalhadores”.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário