Novidades

Saiba o que muda no transporte de Salvador com a realização da Copa América

Que não é difícil chegar à Arena Fonte Nova, todo mundo sabe. Mas, para a Copa América 2019 em Salvador, as coisas vão mudar. Antes de a bola rolar nas cinco partidas que vão acontecer por aqui a partir do dia 15 de junho, a recomendação principal é a mesma de outros grandes eventos esportivos que aconteceram na cidade – a exemplo da Copa do Mundo, em 2014, e das Olimpíadas, em 2016. 

A ideia é deixar o carro em casa – ou bem longe do perímetro de segurança, segundo o secretário municipal da Mobilidade, Fábio Mota. Não vão existir vagas para Zona Azul nas áreas do entorno da arena. 

“Tendo em vista que os estacionamentos ao redor (do estádio) estão proibidos, nós estamos criando várias opções. A ideia é que a pessoa escolha se vai de ônibus normal, de expresso, de metrô, táxi ou mototáxi”, explica. 

Uma das alternativas é o Expresso Copa América, criado pela prefeitura para ter linhas exclusivas até a Arena (as linhas ‘shuttle’). O serviço vai funcionar nos mesmos moldes do que existiu na Copa do Mundo e no Carnaval.

Assim como nos outros eventos, a pessoa poderá deixar o carro no estacionamento de um dos dois shoppings participantes - o Salvador Shopping e o Salvador Norte Shopping - e seguir no ônibus expresso. Assim como nos outros eventos, a pessoa poderá deixar seu carro no estacionamento de um dos dois shoppings participantes – o Salvador Shopping e o Salvador Norte Shopping.

Cada bilhete vai custar R$ 25. Esse valor incluir R$ 5 pelo cartão e R$ 10 por cada trecho (ida e volta). Um grupo de pessoas pode dividir o mesmo cartão. Ou seja: quatro ocupantes de um carro podem comprar um cartão por R$ 5 e carregá-lo com R$ 80 – R$ 20 por pessoa. 

Além disso, quem já tiver um cartão não precisa comprá-lo novamente. “Quem tiver o cartão do Carnaval, por exemplo, pode usar o mesmo. Valem todos os cartões (de expressos anteriores)”, diz Mota. 

As linhas expressas vão sair dos shoppings e parar no Dique do Tororó. O serviço começa a operar quatro horas antes de cada jogo e segue até duas horas após o final da partida. A expectativa da prefeitura é de transportar 15 mil pessoas durante os cinco dias.

As vendas para o Expresso Copa América começam nesta quarta-feira (29), no Salvador Norte Shopping, a partir das 10h, no Piso L3. Quem preferir comprar no Salvador Shopping poderá fazer isso a partir do dia 3 de junho, em um stand que será montado no Piso L1, em frente à loja da TIM. 

Táxi e moto
Para quem vai de táxi, é possível embarcar em pontos fixos no Aeroporto, na Rodoviária e no Porto de Salvador. No entorno da arena, serão instalados pontos exclusivos no Jardim Baiano (parte baixa da ladeira), na Ladeira dos Galés (ao longo da ladeira) e na Avenida Joana Angélica (ao longo do muro do Convento do Desterro). Ao mesmo tempo, é possível solicitar um táxi pelo aplicativo Táxi Mobi, exclusivo para taxistas de Salvador e disponível gratuitamente para Android.

Uma das novidades deste ano é o serviço de mototáxi. Nos outros grandes eventos esportivos, o trabalho dos mototaxistas não tinha sido regulamentado ainda. Agora, já são mais de 1,2 mil profissionais cadastrados pela administração municipal. 

Eles devem atuar em pontos fixos no Jardim Baiano e na Avenida Joana Angélica. “Essa é a maior novidade, porque a gente está organizando esse ano. Com o mototaxista, você sai mais rápido, por exemplo”, analisa o secretário. 

Para evitar tumultos e congestionamentos, inclusive, outra orientação é chegar com antecedência para cada jogo. Mesmo assim, a previsão é que, quanto mais próximo do horário, mais intensa a movimentação de torcedores no entorno. 

No caso das linhas expressas, para minimizar os efeitos disso, duas horas antes da partida até o começo dela, o intervalo de saída dos ônibus será reduzido de 15 minutos para cinco. No retorno do estádio, esse mesmo intervalo de cinco minutos entre cada ônibus será implantado meia hora antes do fim da partida e deve continuar nas duas horas seguintes. 

Ônibus 
Além disso, ainda será possível contar com a própria frota de ônibus da cidade, que vai operar normalmente. As linhas que circulam na Orla serão reforçadas. Ao todo, 13 veículos da frota reguladora ficarão disponíveis nas Estações da Lapa, Pirajá, Mussurunga e Acesso Norte. 

“A Orla tem mais demanda porque não tem outro tipo de transporte que não o ônibus. O metrô, por exemplo, não passa pela Orla”, explica Fábio Mota. Há, ainda, a linha de ônibus que sai do aeroporto e vai até a Praça da Sé. Com ar-condicionado, a passagem custa R$ 4,20, mesmo valor dos demais. 


Metrô
O metrô também vai ter um esquema especial para os dias de jogos. De acordo com a concessionária que administra o sistema, a CCR Metrô Bahia, o quadro de Agentes de Atendimento e Segurança (AASs) vai ser reforçado nas estações e plataformas das duas linhas para garantir a segurança e orientar o público.

A quantidade de trens também vai ser ampliada de acordo com a demanda. No jogo do Brasil, no dia 18 de junho, o sistema metroviário vai estender o funcionamento até 00h30. "A equipe treinada especialmente para atuar em eventos de grandes públicos também estará de prontidão nas estações de metrô e nos terminais de ônibus operados pela concessionária", diz a assessoria. 

Hoje, o metrô conta com mais de duas mil câmeras interligadas ao Centro de Controle Operacional (CCO), que realiza o monitoramento contínuo das estações, terminais, trens e áreas de acesso. O controle de situações inesperadas é reforçado pela transmissão de imagens de parte dessas câmeras para o Centro de Informação e Comunicação (Cicom), da Secretaria de Segurança Pública (SSP). 

A recomendação da empresa para quem quer evitar filas e garantir a integração tarifária é comprar o cartão do metrô para ida e volta, com antecedência. A tarifa do metrô é de R$ 3,70. 

"Quem já tem o Cartão Integração do Metrô, pode antecipar a recarga nas bilheterias das estações ou nas máquinas de autoatendimento disponíveis em todas as estações, podendo pagar, inclusive, com cartão de débito das bandeiras Visa, Mastercard e Elo. O cartão avulso, que dá direito a uma única passagem, também pode ser comprado antecipadamente em qualquer bilheteria", informa a CCR. 

Também é possível adquirir cartões pré-carregados nas máquinas vending machines instaladas nas estações. Os clientes também podem utilizar os cartões de integração Metropasse e SalvadorCard no metrô. 

Com dois jogos esgotados em Salvador, expectativa do trade turístico é otimista
Salvador é a única das seis sedes da Copa América que já esgotou ingressos para duas partidas. Além do jogo do Brasil contra a Venezuela, no dia 18 de junho, também não há mais ingressos para ver a partida entre Argentina e Colômbia. 

Além desses dois jogos, das 26 partidas do total, somente os outros dois jogos do Brasil na fase de grupos tiveram vagas esgotadas. 

Mesmo com a crise da Avianca e a alta dos preços das passagens das companhias aéreas, o presidente da Federação Baiana de Hospedagem e Alimentação (Febha), Sílvio Pessoa, está otimista. Ele diz que a expectativa é que o leilão da Avianca seja retomado e, com a entrada de novas empresas no mercado, aumente a concorrência. O leilão da companhia, que está em recuperação judicial, foi suspenso pela Justiça no início do mês. 

“Se isso for resolvido, teremos um bom movimento em Salvador. Acredito que há tempo para reverter, porque as pessoas deixam muito para cima da hora para viajar. Na próxima semana, a gente vai ter algo mais palpável, mas, como divulgação para a cidade de Salvador, a Copa América vai ser fantástica”, avalia Pessoa. 

A expectativa do setor hoteleiro é de que a taxa de ocupação fique em torno de 55% na segunda quinzena de junho. De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Bahia (Abih-BA), Glicério Lemos, em 2018, a taxa de ocupação de Salvador no mesmo período foi de 46,81%. 

"Junho tradicionalmente é um mês de baixa ocupação na hotelaria, em Salvador. Portanto um evento desta magnitude impacta em uma boa ocupação", afirmou Lemos, através da assessoria.

O vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) na Bahia, Jorge Pinto, contou que a procura pelo evento ainda é pequena, entre as empresas de receptivo. "Mas a cultura do brasileiro é de deixar para a última hora. Isso pode acontecer".

Em Salvador, os bilhetes devem ser retirados no segundo piso do Shopping Bela Vista. Para a retirada, é preciso levar o voucher gerado no ato da compra impresso, além de apresentar um documento de identificação com foto e o cartão de crédito usado na transação. No mesmo local, os torcedores podem comprar ingressos para qualquer jogo da competição.

O posto funciona das 10h às 20h, todos os dias da semana.

Saiba quais são os jogos da Copa América em Salvador
15 de junho, 19h: Argentina x Colômbia
18 de junho, 21h30: Brasil x Venezuela
21 de junho, 20h: Equador x Chile
23 de junho, 16h: Colômbia x Paraguai
29 de junho, 16h: Quartas de Final (1º do grupo C x 3º do grupo A ou B)

Confira o esquema de trânsito que vai valer durante os dias de jogos da Copa América em Salvador

Expresso Copa América: linhas expressas (shuttle) + estacionamento nos shoppings
As linhas sairão do Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping direto para a Arena Fonte Nova, com parada somente no Dique do Tororó. Cada bilhete custa R$ 25, sendo R$5 do cartão e R$ 10,00 de cada trecho, com taxa de estacionamento nos shoppings já inclusa.

O serviço começa quatro horas antes dos jogos e vai até duas horas após o fim da partida.

Pontos de táxi
Pontos fixos: Aeroporto, Rodoviária e Porto de Salvador
Pontos exclusivos: Jardim Baiano (parte baixa da ladeira); Ladeira dos Galés (ao longo da ladeira) e na Av. Joana Angélica (ao longo do muro do Convento do Desterro). 

É possível usar o aplicativo Táxi Mobi pata solicitar corridas. O app está disponível para download gratuito na Play Store. 

Mototáxi
Serão mais de 1,2 mil mototaxistas regulamentados em dois pontos: Jardim Baiano (Parte Baixa da Ladeira) e Av. Joana Angélica (em frente ao supermercado Bom Preço).

Ônibus municipais - linhas que terão reforço

1001 Aeroporto-Praça da Sé: Av. Dorival Caymmi, Itapuã, Av. Octávio Mangabeira, Pituba, Amaralina, Rio Vermelho, Ondina, Av. Oceânica, Rua Marquês de Caravelas, Porto da Barra, Ladeira da Barra, Corredor da Vitória, Campo Grande, Praça da Sé. Tarifa R$ 4,20. 

1002 Aeroporto-Campo Grande: Av. Dorival Caymmi, Itapuã, Av. Octávio Mangabeira, Pituba, Amaralina, Rio Vermelho, Av. Cardeal da Silva, Campo Grande, Vitória, Porto da Barra, Farol da Barra.

1003 Aeroporto-Lapa: Av. Dorival Caymmi, Itapuã, Av. Octávio Mangabeira, Pituba, Amaralina, Rio Vermelho, Av. Centenário, Praça dos Reis Católicos, Av. Heitor Miguel Calmon, Viaduto do Vale do Canela, Campo Grande.

S043 Aeroporto-Praça da Sé: Av. Dorival Caymmi, Itapuã, Av. Octávio Mangabeira, Pituba, Amaralina, Rio Vermelho, Ondina, Av. Oceânica, Rua Marquês de Caravelas, Porto da Barra, Ladeira da Barra, Corredor da Vitória, Campo Grande, Praça da Sé.

1126 Narandiba-Doron-Barra R2: Com início de operação às 05h10 e termino às 21h10. Tarifa R$ 4. Use a integração para o retorno com a linha 1125, desembarcando no Shopping da Bahia. Tarifa R$ 4.

1034 Parque São Cristóvão - Barroquinha: Intervalo de 10 minutos, com início de operação às 04h10 e término às 22h42. Embarque no Ponto do Itaú.

1078 Estação Mussurunga - Praia do Flamengo R1: Intervalo de 15 minutos, com início de operação às 05h e término às 23h30. Liga os trechos Stella Maris/Praia do Flamengo a Arena Fonte Nova, através da integração com o metrô linha 2 na Estação Metroviária de Mussurunga e continua com a integração coma a linha 1 na Estação Acesso Norte, desembarcando na estação metroviária de Brotas ou Campo da Pólvora. Tarifa R$ 4.

1079 Estação Mussurunga - Praia do Flamengo R2: Intervalo de 10 minutos, com início de operação às 04h e término as 20h44. Liga os trechos Stella Maris/Praia do Flamengo a Arena Fonte Nova, através da integração com o metrô linha 2 na Estação Metroviária de Mussurunga e continua com a integração com a linha 1 na Estação Metroviária Acesso Norte, desembarcando na estação metroviária de Brotas ou Campo da Pólvora. Tarifa R$ 4.



*Correio da Bahia

Nenhum comentário