Novidades

Telegram afirma que não há indícios de ação de hacker em vazamentos da Força-Tarefa da Lava Jato


O aplicativo de mensagens Telegram, afirmou nesta terça-feira (11) que não há indícios de invasão de hackers aos telefones do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro e dos procuradores da Lava Jato, entre eles, Deltan Dallagnol. A informação é do Uol.

As conversas foram divulgadas neste domingo (9) pelo site The Intercept Brasil. Os diálogos mostram possível colaboração ilegítima entre o, à época, juiz Sérgio Moro e Dallagnol. O Telegram disse que "não há evidência de nenhuma invasão", tese levantada pelas pessoas que foram expostas.

O aplicativo afirmou que "é mais provável que tenha sido malware [um tipo de vírus] ou alguém que não esteja usando uma senha de verificação em duas etapas".


*Radar da Bahia

Nenhum comentário