Novidades

Comandante se manifesta sobre o Atlas da Violência 2019

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), elaborada em parceria com o Fórum Brasileiro de segurança Pública, foi divulgada na última segunda-feira (5) e a notícia foi desfavorável a cidade de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. 

Os números que foram divulgados, colocam Simões Filho como a quarta cidade mais violenta do Brasil.

Em entrevista exclusiva a Rádio Simões Filho FM 87.9, através do Programa Panorama de Notícias na tarde desta quinta-feira (8), o Major Fábio Dias - Comandante da 22ª CIPM/Simões Filho, se manifestou sobre o Atlas. 

"No primeiro momento ficamos muito triste com o recebimento dessa notícia que coloca a cidade de Simões Filho como uma das quatro cidades mais violentas do Brasil, ficamos surpreendidos e vamos discuti a metodologia adotada para dizer que Simões Filho é a quarta cidade mais violenta. Eu espero sinceramente que após o ano de 2017, ano em que nós assumimos a companhia esses números sejam favoráveis a nossa cidade. Ganhamos premiações por reduzir a taxa de homicídios no município, e fazer isso não é brincadeira, os meus policiais estão trabalhando seriamente, o que eu questiono, não estou aqui para denegrir o instituto responsável e nem a lisura do processo, e sim a forma de computar esses dados", pontuou o comandante. 

O levantamento analisou 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes em 2017 e fez um recorte regionalizado da violência no país. Os cinco municípios baianos apontados como os mais letais são os mesmos que apareciam na pesquisa do ano passado, mas houve mudanças na ordem.


Por Ataíde Barbosa


















Nenhum comentário