Novidades

Desembargador do RJ é alvo de operação da PF

Uma operação da Polícia Federal (PF) cumpre nesta terça-feira (24) mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) Siro Darlan.

O magistrado é investigado em um inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que apura a venda de sentenças no Fórum da capital fluminense. 

Sete mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo STJ. De acordo com o G1, os policiais estão nos seguintes endereços: na casa do magistrado, na Gávea, Zona Sul do Rio; no gabinete dele, no Tribunal de Justiça, no Centro; um escritório na Barra da Tijuca, na Zona Oeste; e um em Resende, no Sul Fluminense.

Segundo reportagem publicada em dezembro do ano passado pelo jornal O Globo, o desembargador usava os plantões judiciários para vender habeas corpus e assim, liberar os presos. Na ocasião, o desembargador afirmou que o sigilo bancário estaria aberto e que não teria nada a temer em relação ao patrimônio.

"As minhas decisões, a mim pertence. Sugerir que as decisões de qualquer magistrado, em razão de propina, é um ato de irresponsabilidade", disse Darlan, à época.


*Metro1

Nenhum comentário