Novidades

Em coletiva, 'Dama de Copas' do Baralho do Crime nega acusações e diz que vai escrever livro

Nesta segunda-feira (30), Jasiane Teixeira, apontada pela polícia como a maior traficante da Bahia foi apresentada durante coletiva policial realizada em Salvador. À imprensa, ela negou que tenha cometido os crimes que a polícia atribui a ela e disse que vai escrever um livro para contar a história da vida dela.

"Eu sou um ser humano qualquer, mãe, e sei que Deus tem um plano muito grande na vida. Inclusive, eu vou escrever um livro. Alguma editora que quiser. Se você tem uma oportunidade, pegue os limões e faça uma limonada", disse.

A mulher diz estar surpresa com a prisão e afirmou que desconhece todas as acusações feitas pela polícia, como homicídios e tráfico de drogas. Ela também falou que está sendo usada para chamar atenção.

"Eu quero dizer que isso é simplesmente holofote em cima de mim. Sou uma simples mulher, como outra qualquer, e me deram uma fama da qual eu desconheço. Isso para mim é tudo novo", disse.

Jasiane também disse que acredita está grávida, no entanto, se negou a fazer testes de gravidez solicitado pela polícia e se recusou a comentar o motivo.

Ainda contou que não tinha namorado, como afirmou a polícia. Segundo ela, o homem com o qual estava quando foi presa era um conhecido que apenas havia dado uma carona para ela. A suspeita disse também que estava em São Paulo para visitar uma das filhas, que mora na região.

Após a coletiva, a mulher foi encaminhada para a sede do Draco, onde ainda será ouvida. Após depoimento, a suspeita segue para o sistema prisional.


*Radar da Bahia

Nenhum comentário