Novidades

Rodrigo Maia diz que FGTS não deve ser ‘complemento de renda’ e sim poupança

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), falou em um evento no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (02), que o FGTS não deve ser usado como um “complemento de renda”.

“Estamos com uma preocupação para que não se use do dinheiro do FGTS do trabalhador tão rápido, não se estimule o gasto. Aquilo é uma poupança, não pode ser tratado como um complemento de renda”, disse Maia.

Segundo ele, de 2006 e 2016 o FGTS rendeu menos que a inflação e, por isso, o estado “roubou” o trabalhador. Maia anunciou também uma reunião com Paulo Guedes, ministro da Economia, para apresentar propostas a ele sobre o assunto.


*Bahia.Ba

Nenhum comentário