Novidades

Fiscal é agredida por polícial civil

Por volta de 6 horas e 20 minutos da manhã deste sábado (08), a fiscal de trecho Damares Alves da empresa VSA foi agredida por um policial civil de nome Alex. Nossa equipe de reportagem apurou que o veículo da VSA com número de ordem 460 que fazia a linha Estação Retiro x Candeias passava pela BR-324, sentido candeias, nas intermediações do bairro de Águas Claras, quando dois homens adentraram ao veículo se identificando como policiais civis. 

A fiscal relatou que solicitou a identificação para comprovar o direito à gratuidade, porém com a identificação de policial civil ficou constatado que não tem direito a gratuidade. Porém um dos policiais, agiu com arrogância, colocando a sua carteira muito próxima ao rosto da fiscal impossibilitando que fizesse o seu trabalho, em seguida solicitou mais uma vez para ver e então ele primeiro a agrediu verbalmente, e em seguida 3 vezes fisicamente. Dando-lhe um tapa na cabeça, um murro nas costelas e outro na boca.
Após o fato um policial militar que já estava no veículo e o outro policial civil que entrou com o agressor o seguraram e defenderam Damares. O veículo seguiu até o posto policial da Polícia Rodoviária, onde o mesmo confessou o ato, assim o acusado, a fiscal e algumas testemunhas seguiram até a 22ª delegacia de Simões Filho para prestar depoimento e registrar o boletim de ocorrência.

O diretor jurídico do SINDMETRO Nilson Silva e o advoga de plantão estão presentes na 22ª delegacia prestando todo apoio a Damares, o SINDMETRO reitera e totalmente contra qualquer tipo de agressão a qualquer cidadão que seja, e que se tratando de um rodoviário em serviço mais ainda. Iremos tomar todas as medidas dentro da lei para proteger Damares e fazer com que o agressor seja punido.


*Sindmetro

Nenhum comentário