Novidades

'Imenso respeito, mas não vou me calar’, diz Kannário sobre PM

O cantor e deputado federal Igor Kannário emitiu uma nota à imprensa, na noite desta segunda-feira (24), após as declarações sobre a Polícia Militar que foram feitas durante sua passagem no Circuito Osmar (Campo Grande). O ‘Príncipe do Gueto’, como ele é conhecido entre os fãs, chamou os policiais de agressores e afirmou que se alguma coisa lhe acontecesse, seria a mando de alguém da PM.

Kannário disse na nota que a declaração foi uma reação ao perceber o tratamento agressivo de alguns policiais contra os foliões da sua pipoca. Por outro lado, o parlamentar destaca, na nota, que aquela foi uma situação pontual e, inclusive, no início do desfile pediu aplausos para a PM.

“Mantenho meu imenso respeito pela Polícia Militar, valorosa instituição que tanto orgulha a Bahia. Mas ressalto que não vou me calar diante dos excessos, ainda mais contra a minha pipoca, que saiu das favelas para fazer uma festa linda na Avenida. Sou um político que tenho lado, e meu lado é o povo”, afirmou Kannário, em nota.

A nota de esclarecimento veio após a nota de repúdio divulgada pela Polícia Militar, na qual descreve a situação como “atitude irresponsável e criminosa”. A corporação afirmou que medidas judiciais serão tomadas.


*Bahia.Ba

Nenhum comentário