Novidades

Rui acusa Bolsonaro de utilizar ministérios como braço político-partidário e de perseguir adversários

Após ter as medidas de isolamento social chamadas de "palhaçada" pelo presidente Jair Bolsonaro, o governador da Bahia, Rui Costa, disse que o presidente quer "utilizar ministérios como braços político-partidário, de perseguir adversários" e, segundo Rui, não é isso que o povo quer.

"Entendemos que temos prioridade de salvar vida humana. A grande maioria está em casa. Não quer os políticos dedicados ao debate político. Não quer saber da discussão de quem vai ser o ministro, de quem entra e quem sai", disse, durante a live.

O governador Rui Costa disse ter absoluta certeza de que, nesse momento, o povo quer saber é da oferta de serviços de saúde e da retomada da atividade econômica. Rui ressalta que "o foco é o cuidado com a vida humana".


*Metro1

Nenhum comentário