Novidades

Presidente da Câmara antecipa 13º e salário para servidores do Legislativo


O presidente da Câmara Municipal de Simões Filho, vereador Orlando de Amadeu (PSDB), resolveu antecipar o pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores do Legislativo. A primeira parcela foi paga no dia 19 de junho. A decisão é parte de um conjunto de medidas anunciadas como forma de combater os efeitos e os impactos econômicos da crise provocada pelo Coronavírus, fazendo circular mais recursos financeiros na cidade.

Entretanto, de acordo com o anúncio feito pelo presidente, o pagamento da primeira parcela foi feito no dia 19 de junho e a quitação integral do décimo terceiro será realizada em dezembro, possivelmente, no dia 20. O presidente da Casa avalia que esta é mais uma ação que tem por intuito valorizar os assessores e demais funcionários do Legislativo.

“No dia 19 de junho, os funcionários da Câmara receberam o salário do mês e a antecipação de 50% do 13º salário. Esse é o resultado da seriedade no trato do dinheiro público que estamos desenvolvendo desde o primeiro dia da nossa gestão”, disse o presidente do Legislativo.

Essa medida tomada pela Câmara só foi possível em razão da política de responsabilidade no zelo pela economia e transparência com o dinheiro público implementada pela atual gestão à frente da Casa Legislativa.

De acordo com o presidente, com o comércio fechado na cidade, a atividade comercial está praticamente estagnada e medidas emergenciais para aquecer o comércio são necessárias, já que muitos estão funcionando com venda pela internet, no formato ‘delivery’. A antecipação visa estimular a economia, principalmente, neste período de pandemia em que há queda no número de vendas e, consequentemente, na arrecadação.

Mesmo em meio à pandemia, o mandatário do parlamento municipal garantiu a continuidade das atividades legislativas da Casa com a adoção de todas as medidas restritivas e preventivas para evitar aglomeração e o risco do contagio, transmissão e proliferação do Coronavírus, em cumprimento e obediência aos protocolos de saúde estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde e pelos decretos municipais em vigor, para que a população simõesfilhense tenha uma Câmara digna e em condições de atendê-la, promovendo a construção de uma política voltada aos interesses da comunidade.

Nenhum comentário