Novidades

Lojas de shoppings são interditadas no primeiro dia de reabertura


No primeiro dia de reabertura dos shoppings de Salvador, três lojas foram interditadas pela força-tarefa da prefeitura. Duas delas são de design de sobrancelhas, instaladas nos shoppings Salvador e Barra, que não estão autorizadas a funcionar, assim como os salões de beleza. Já a Casas Bahia do Salvador Norte Shopping, foi notificada por permitir aglomeração de pessoas no interior. Todos os complexos de compra foram vistoriados.

“No geral, os protocolos foram cumpridos. Tivemos a compreensão geral tanto dos shoppings quanto dos lojistas”, relatou o diretor de Fiscalização da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), Átila Brandão Júnior. “Hoje, concentramos a nossa fiscalização nos shoppings e na região de Cajazeiras, onde acontecem as medidas regionalizadas mais restritivas. Mas vamos atuar da mesma forma com a fiscalização nas lojas acima de 200 metros quadrados e centros comerciais”, acrescentou.

Protocolos

De acordo com a Sedur, nessa primeira fase da retomada de atividades econômicas, podem abrir de forma presencial, mediante protocolos gerais e específicos de segurança e proteção à vida, os shoppings centers e centros comerciais correlatos, bem como lojas de rua acima de 200 metros quadrados.

Os shoppings e centros comerciais precisam seguir os protocolos gerais, como o uso obrigatório de máscaras por parte de clientes e trabalhadores e higienização de ambientes e produtos, e os específicos, a exemplo da limitação de uma pessoa a cada nove metros quadrados em áreas comuns.

Além disso, dentro das lojas só pode haver uma pessoa a cada cinco metros quadrados; o estacionamento deve ser limitado a 50% das vagas; é preciso haver medição de temperatura de todos; a realização de eventos presenciais está proibida; e o horário de funcionamento deve ser das 12h às 20h, de segunda a sábado.Vale frisar que, no caso das áreas de alimentação, elas devem funcionar apenas no sistema drive-thru ou para a retirada do produto no balcão, sem consumo nesses locais.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário