Novidades

RedeTV! reduz salários e elenco culpa contrato milionário de Sikêra Jr


Enquanto Sikêra Jr tem apostado em críticas contra o fim do “império” da Globo, a RedeTV! tem enfrentado uma espécie de motim entre os seus funcionários, em São Paulo, por causa da mais recente atitude do canal visando o lado financeiro: reduzir o salário dos seus funcionários após o sinal verde do Governo Bolsonaro.

Na última terça-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto permitindo que empresas reduzam por mais um mês os salários dos funcionários para evitar prejuízos e demissões em massa por conta da crise causada pelo novo coronavírus.

De acordo com o site Notícias da TV, os trabalhadores da emissora de Amilcare Dallevo e Marcelo de Carvalho estão culpando o apresentador do Alerta Nacional pela atitude drástica da alta cúpula. Eles alegaram que o salário de Sikêra Jr, entre pagamento e merchandising, se aproxima de R$ 500 mil. Com contrato recém-renovado para os próximos sete anos, o veterano receberá aproximadamente R$ 42 milhões.

Enquanto o salário do pernambucano deu um salto, o ordenado da maioria, de carteira assinada, foi reduzido em 25%. Outros apresentadores não foram poupados e todos contratados como PJ (Pessoa Jurídica) foram avisados de que os seus vencimentos serão reduzidos em 33% pelos próximos três meses.

A renovação do Festival de Prêmios, programa de sorteios da emissora lançado nas últimas semanas também foi apontado como parceiro da redução dos salários. Em pouco tempo, a RedeTV! investiu R$ 1 milhão em celulares, televisores e carros.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do canal informou que a direção “segue tomando as medidas necessárias para a adequação ao cenário ocasionado pela pandemia”.


*RD1

Nenhum comentário