Novidades


 

 


"Não quero ser responsável pela morte de alunos e professores", diz Rui costa sobre retorno às aulas


Ao ser questionado sobre uma carta aberta de instituições particulares pedindo a retomada, o governador Rui Costa repetiu nesta quarta-feira (23) que não tem data prevista para o retorno às aulas, o que só deve acontecer quando a média diária de óbitos por covid-19 reduzir. 

"Não quero ser responsável pela morte de alunos e professores. Quem dá segurança que um jovem não vai morrer?", afirmou Rui.

Rui fez uma comparação com times de futebol ao falar dos dados de mortes na Bahia. "Tem morrido por dia 4 times de futebol. Numa semana, todos times da Série A estariam mortos. Quando caiu aquele avião da Chapecoense houve uma comoção nacional. É Como se todo dia 4 aviões com equipes estivessem caindo. Só não tem essa comoção nacional", disse o governador. "A doença não foi embora, não tem vacina ainda sendo distribuída, de hora para outra tenho a sensação que as pessoas acham que acabou".

O governador afirmou que a retomada de algumas atividades tem acontecido de maneira cautelosa, mas não é possível se descuidar e liberar tudo sob risco de aumentar o volume de mortes.

Enquanto a preparação continua, o governo vai continuar a expandir as testagens em escolas públicas. "Vamos continuar estendendo para outras regiões da cidade, vou propor hoje ao secretário que a gente leve para Cajazeiras. Vamos continuar fazendo pra gente disponiiblizar para alunos, professores, fazer o teste se alguém tem sintoma...", disse. 

"Pra gente poder continuar tendo mapeamento de como está a situação do público escolar, mas isso não significa que a gente tenha no horizonte o retorno às aulas".


*Radar da Bahia

Nenhum comentário