Novidades


 

 


Loteamentos prejudicam desenvolvimento imobiliário em Lauro de Freitas


Os empresários do ramo imobiliário de Lauro de Freitas, estão sofrendo com o impedimento de acessar as vias públicas, dentro do Loteamento Beira Rio que pertence a área do Recreio de Ipitanga.

O impedimento está ocorrendo por que segundo os empresários, moradores dos loteamentos situados no município, colocaram portões e guarita de controle de acesso, sem a aprovação da Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas.

Segundo o diretor da Distacol Patrimonial, André Conrado, uma liminar já foi proferida pelo juiz da Fazenda Pública, a favor da construção do Residencial Boulevard Parque Residence, e mesmo assim a empresa continua impedia de acessar as vias públicas.

No momento é aguardado um parecer do Ministério Público, mas destacar que existe um inquérito, no qual reitera que a área já foi tida como irregular.

Mesmo com todo parecer favorável a Distacol, candidatos a prefeito e vereador nas eleições municipais de 2020 da cidade de Lauro de Freitas estão utilizando o fato para se promoverem, através de vídeos e placas, até mesmo citando vários secretários da Prefeitura.

A Distacol Patrimonial com uma longa história no mercado imobiliário e que investe em imóveis e terrenos há quase 40 anos, esclarece que seguiu todos os trâmites para obtenção e deferimento do alvará de construção em todas as secretarias do município e ressalta que as informações divulgadas na mídia citando a empresa não procedem e ja está tomando as medidas cabíveis tanto no âmbito cível e criminal contra a veiculação de calúnia contra a Distacol.



Por Ataide Barbosa 


















Nenhum comentário