Novidades

Mano admite que passou do limite ao chamar árbitro de vagabundo


O técnico do Bahia, Mano Menezes, decidiu se retratar do “palavreado” dirigido ao árbitro José Mendonça da Silva Junior no domingo (11), quando o time baiano perdeu para o Fluminense por 1×0 em penâlti contestado pelo treinador no momento a marcação. Flagrado chamando o árbitro de “vagabundo”, ele pode ser suspenso por quatro jogos ou mais.

Em entrevista concedida no CT do clube, Mano destacou que não se dirigiu à arbitragem após o jogo para reclamar do lance, mas com o intuito de tirar os jogadores. Mas admite que passou do limite. “Peço desculpas por isso. Não quero deixar transparecer que isso é normal e correto”, disse.

Segundo o experiente técnico, com passagem pela seleção brasileira, “um técnico da minha trajetória tem que saber que, mesmo em momentos difíceis, em que até você pode achar que está certo, o limite da educação não pode ser ultrapassado e eu ultrapassei. Repito: peço desculpas por isso".


*Bahia.Ba



Nenhum comentário