Novidades


 

 


Pai é condenado a 28 anos por matar a filha por causa de herança


Frederico Carneiro Soares, publicitário e ex-cabo da Aeronáutica, foi condenado a 28 anos de prisão em regime fechado. Em fevereiro de 2017, o homem assassinou a tiro a própria filha, Maira Cintra Soares, em frente aos três filhos da vítima.

De acordo com as investigações, ele disputava com a filha a guarda do irmão dela, diagnosticado com esquizofrenia, que recebia 8 mil reais de pensão. Os dois também brigavam na justiça por uma casa, herança da mãe falecida.

Os advogados de frederico alegaram se tratar de legítima defesa. Ele teria atirado ao ser contido durante a discussão e não teria intenção de matar a filha, mas os laudos apresentados pela polícia científica durante o julgamento indicam que ao menos um dos disparos que matou Maira foi à queima roupa.



*Radar da Bahia

Nenhum comentário