Novidades

Se houve ilícito, tem que haver punição, diz ACM Neto sobre senador do DEM com dinheiro na cueca



O presidente nacional do Democratas e prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou nesta sexta-feira (16) que o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) deverá ser punido judicialmente caso haja comprovação de ato ilícito contra ele. NA quarta (14), Rodrigues foi flagrado com dinheiro na cueca em operação de busca e apreensão em sua casa. De acordo a Polícia Federal, o parlamentar escondeu R$ 33.150 em suas vestes. Desse total, R$ 15 mil em maços de dinheiro estavam entre as nádegas.

A declaração de ACM Neto foi dado após o bahia.ba questioná-lo sobre as medidas que o partido tem adotado diante da decisão do caso.

“A lei está aí e tem que valer para todo mundo. Então, se houve ato ilícito, se houve o cometimento de irregularidade, tem que haver punição. Ponto. Não interessa se é para o PT, DEM, MDB, PSD, pra qualquer partido. É isso, tem que ser assim”, respondeu o chefe do Executivo soteropolitano.

Na quinta (16), o ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou o afastamento de Rodrigues por 90 dias. Até então vice-líder do governo Jair Bolsonaro no Senado, ele foi exonerado do posto.

“Ontem [quinta-feira] nós apresentamos uma petição ao Supremo Tribunal Federal, através do departamento jurídico do Democratas, com procuração assinada por mim, pedindo o acesso ao inteiro teor do inquérito. Nós queremos saber do que existe de materialidade para agirmos como sempre agimos. Eu não sou, vocês me conhecem também, daqueles que julgam adversário e passam a mão na cabeça de aliado”, disse ACM Neto.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário