Novidades

Conquista e Teixeira lideram novos casos da Covid-19 durante a campanha eleitoral


As aglomerações têm sido recorrentes nas campanhas eleitorais em diversos municípios do interior baiano. A situação, porém, acende o alerta em relação a possibilidade de aumento do número de casos da Covid-19, já que a proximidade de contato favorece a proliferação do novo coronavírus. O fato já chegou a ser citado como ponto de preocupação pelo governador Rui Costa (PT) e pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas. 

Faltando pouco menos de semana para pleito eleitoral, que acontece no próximo domingo (15), o Bahia Notícias, a partir de dados divulgados diariamente pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), fez um comparativo dos casos confirmados da Covid-19 nos 15 municípios mais populosos do estado, com exceção da capital.

Percentualmente, dois municípios se destacaram no ranking dos novos casos durante a campanha eleitoral, autorizada oficialmente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 26 de setembro: Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, que teve um aumento de 40,7% nos seus casos confirmados da Covid-19 no período; e Teixeira de Freitas, no extremo-sul do estado, que viu seu número de contaminados subir 31,6%.

Feira de Santana (23,8%), Juazeiro (22,6%), Barreiras (22,1%), Simões Filho (18,1%) e Paulo Afonso (15,9%) também tiveram crescimentos destacados na contaminação pelo novo coronavírus, desde o primeiro dia da campanha eleitoral até esta segunda-feira (9), quando a Sesab publicou seu último boletim sobre a Covid-19.

Porto Seguro (14,4%), Lauro de Freitas (13,5%), Jequié (13,3%), Eunápolis (13,2%) e Itabuna (12,5%) registram crescimento acima de 10%, segundo os dados oficiais do estado. Ilhéus (9,8%), Camaçari (8,5%) e Alagoinhas (7,2%) fecham a lista.

Em números absolutos, de acordo com a análise, o aumento dos casos no período oficial das atividades eleitorais pode ser categorizado em três grupos: os municípios com mais de 3 mil novos casos; aqueles da faixa entre 1 e 2 mil registros e os que confirmaram número de ocorrências inferior a mil. 

A primeira faixa é liderada pela cidade de Feira de Santana, que registrou 3.168 novos casos da doença no período. Em segundo lugar aparece Vitória da Conquista, com 3.079 novas infecções oficiais. Os dois municípios preocupam ainda mais porque são os únicos no interior baiano que têm possibilidade de segundo turno, visto que têm mais de 200 mil eleitores, cada um.

No segundo bloco, em ordem decrescente de novos casos, destacam-se Itabuna (1.578), Teixeira de Freitas (1.509), Juazeiro (1.149) e Barreiras (1.038). Por fim, há ainda os municípios de Lauro de Freitas (878), Jequié (750), Ilhéus (645), Camaçari (517), Porto Seguro (449), Eunápolis (397), Alagoinhas (386), Simões Filho (363) e Paulo Afonso (202).



*Bahia Notícias

Nenhum comentário