Novidades


 

 


Simões Filho, o prefeito Dinha e os seus "Queridinhos" ....


Nem tudo são flores na gestão do prefeito reeleito de Simões Filho Diógenes Tolentino (MDB). A expressiva votação de 33.972 votos no pleito do último dia 15 de novembro de 2020, não foi suficiente para acalmar os ânimos dentro do grupo político.

A tensão está aumentando entre aqueles que não foram agraciados pelo gestor, para o seu segundo mandato, incluindo ex-vereadores e candidatos que também perderam as últimas eleições.

No Legislativo Municipal, dos 12 vereadores que perderam o pleito, 8 são da base do prefeito.

Por enquanto, o chefe do executivo agraciou apenas 3, ou seja, os queridinhos dele: Neco Almeida, Jaílson Soares e Sandro Moreira.

Os outros 5 ex-vereadores estão aguardando o posicionamento do gestor. 

Será que Bolly Bolly que só faltou pegar água no cesto para Diógenes, além das tranças rosas em homenagem a deputada Kátia Oliveira, Manoel Carteiro que rapidamente passou a defender o prefeito, Elimário Lima que foi um fiel combatente, Erivaldo Canjirana que "misteriosamente" abraçou o projeto político do prefeito reeleito e Luciano Almeida que foi reprovado nas urnas novamente, ficarão no tradicional "Amanhã vou lá hoje", dado pelo prefeito Diógenes Tolentino?. 

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos...



Por Ataíde Barbosa

Nenhum comentário