Novidades

 


Acusado de cometer assaltos, padre é preso no Rio Grande do Sul


Um padre identificado como Elizeu Moreira, que atua em Tapejara, na Diocese de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, foi preso em flagrante pela Brigada Militar da cidade na noite da última terça-feira (2), por suspeita de assaltar ao menos três estabelecimentos da cidade.

De acordo com a polícia, o roubo aconteceu em dois mercados e uma farmácia. O padre foi identificado pelas características descritas pelas testemunhas da ação.

O suspeito de cometer o crime entrava no comércio local com uma pistola falsa e uma mochila, usando um boné vermelho e uma camisa preta. Além de R$ 655 em dinheiro, o criminoso levou produtos alimentícios e de higiene.

O padre recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de polícia. Na quarta-feira (3), a Justiça decretou a prisão preventiva de Eliseu.

A defesa do religioso, feita pela advogada Maura Leitzke, informou à polícia que desde o ano passado o padre faz uso de medicamentos psiquiátricos, e que na semana anterior aos furtos ele teria interrompido voluntariamente o tratamento, o que causou o surto psicótico.

O bispo da Arquidiocese de Passo Fundo, Dom Rodolfo Luis Weberinformou que o padre será suspenso das funções de forma provisória, até que a situação seja esclarecida.

“Extremamente triste poder ter que anunciar e conviver com esse fato ainda mais contando de uma pessoa que tem uma preparação adequada, teve todo um processo de formação e a chegar a realizar essas atitudes. Então é muito chocante, é muito triste e nos causa profunda dor. Na sua missão interna da igreja como padre a nossa tarefa é também saber averiguar o que aconteceu”.



*Bahia.Ba 

Nenhum comentário