Novidades


 

 


Rodoviários da CSN continuam em greve nesta terça (30)


Os rodoviários que trabalham na bacia operada pela Concessionária Salvador Norte (CSN) vão permanecer em greve nesta terça-feira (30). Os trabalhadores paralisaram as atividades nesta segunda, em protesto contra o não cumprimento do acordo trabalhista por parte da empresa.

De acordo com Roque Messias, diretor-adjunto de imprensa do Sindicato dos Rodoviários, em reunião realizada com prefeito Bruno Reis foi acertado que o município vai arcar com parte da verba rescisória. Segundo o sindicalista, amanhã uma reunião com o Ministério Público do Trabalho (MPT), Ministério Público da Bahia (MP-BA), representantes da empresa, Prefeitura e rodoviários vai definir os detalhes da liberação do recurso.

“O prefeito disponibilizou quase R$ 37 mi para regularizar o FGTS, que está em atraso e o pagamento das indenizações”, explicou Messias ao bahia.ba. “Para que haja esse novo contrato, a gente precisa definir o passivo trabalhista de agora. O sistema precisa operar, não pode parar”, completou.

No último sábado (27), Bruno Reis anunciou a caducidade do contrato da CSN e o fim do contrato de intervenção na empresa. Com isso a gestão municipal vai passar a assumir diretamente o serviço e vai recontratar os funcionários da empresa via Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

“A nossa gestão permanece aberta a conversas e negociações com os trabalhadores do transporte rodoviário de passageiros de Salvador, afetados pela crise da CSN, que nos levou a rescindir o contrato com a empresa. Temos toda a disposição de ajudar e vamos contratar o máximo de profissionais que for possível. Já temos a autorização da Câmara Municipal para absorver esses colaboradores. Vamos convocá-los para assumir seus postos, garantindo empregos e a operação do serviço de transporte público. A partir daí, por meio de uma atuação conjunta da Justiça do Trabalho, Ministério Público do Trabalho, Prefeitura e sindicato, vamos buscar as indenizações às quais os trabalhadores fazem jus”, declarou o prefeito.

Segundo Messias, os ônibus da concessionária, da cor azul e que operam no corredor Mussurunga, Lapa e Orla permanecem suspensos até quarta-feira (31), quando será realizada outra assembleia.

A Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), preparou uma operação emergencial para amenizar o problema. Os micro-ônibus do Subsistema de Transporte Especial Complementar (Stec), conhecidos como ‘amarelinhos’ vão atender aos usuários que utilizavam as linhas operadas pela CSN.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário