Novidades


 

 


Confira o que já pode abrir nesta segunda em Salvador com a retomada do comércio


A partir desta segunda-feira (5), as atividades não essenciais poderão funcionar seguindo regras da fase vermelha. Nesta etapa, os comércios terão que respeitar ainda restrições de atividades e escalonamento de horários. 

As atividades não essenciais terão o direito de funcionar por oito horas e serão suspensa por dois dias da semana. Além disso, o toque de recolher, que proíbe a circulação de pessoas nas ruas, passará a iniciar às 20h a partir do dia 5.


Confira o que já pode abrir nesta segunda-feira (5):

Serviços de saúde (unidades de saúde públicas, Unidades de Pronto Atendimento - UPAs, consultórios, clínicas particulares e odontológicas);

Supermercados, panificadoras, delicatessens, açougues e conveniências;

Farmácias e drogarias;

Agências bancárias;

Lotéricas;

Laboratórios de análises clínicas;

Postos de combustíveis;

Call centers;

Oficinas mecânicas e borracharias;

Cemitérios e serviços funerários;

Hotéis, Pousadas e demais estabelecimentos de alojamento;

Academias de ginástica e similares;

Cursos livres;

Templos religiosos;

Igrejas.

Das 7h às 16h: 
Construção civil.

Das 7h às 15h:
Clínicas de estética;
Indústria.

Das 9h às 16h:
Funcionalismo público não essencial.

Das 10h às 17h:
Escritórios administrativos (contabilidades, consultoria e similares);
Escritórios de advocacia.

Das 10h às 19h:
Autoescolas.

O comércio de rua, barbearias, salões de beleza, shoppings centers e centros comerciais só poderão retomar o funcionamento a partir de amanhã (6). Já restaurantes, bares e lanchonetes, nesta quarta-feira (7). Veja o cronograma completo neste link.


Continuarão proibidos permanentemente durante a fase vermelha:

Centros culturais, museus e galerias de arte;

Clubes sociais, recreativos e esportivos;

Cinemas;

Teatros;

Espaços de eventos sociais (casamento, aniversário, bodas, formatura, etc.);

Espaços de eventos infantis;

Parques de diversão e parques temáticos;

Centro e espaços de convenções;

Praias.




*Metro1

Nenhum comentário