Novidades

 


Modelo perde título de Miss após postar vídeo dançando nas redes sociais


A modelo e jogadora Lucy Maino, de 25 anos, perdeu sua coroa de Miss Papua-Nova Guiné, conquistada em 2019, após compartilhar em suas redes sociais um vídeo dançando.

A bela, que entrou na onda das famosas dancinhas de TikTok, foi censurada pela forte misoginia do país, que condenou a prática como algo sensual que dá mau exemplo à população.

A destituição de Lucy das funções de Miss gerou polêmica no país. Allan Bird, governador de Sepik Leste, província de Papua-Nova Guiné, lamentou o assédio contra a modelo.

“Que tipo de sociedade condena a tortura e o assassinato de mulheres, mas fica chateada quando é jovem mulher faz um vídeo de dança? Vemos a devastação da violência contra mulheres e crianças neste belo país. Algumas, por causa do bullying, perderam a vida… Tudo começa dizendo às mulheres que devem cobrir o corpo. Tudo começa dizendo às mulheres que elas não deveriam dançar assim”, disse Bird que também é co-presidente da Coalizão de Parlamentares contra a Violência de Gênero, ao The Guardian.








*Bahia.Ba

Nenhum comentário