Novidades


 

 


Antes de ser afastado, Caboclo prometeu ao Planalto trocar Tite por Renato Gaúcho


Antes de ser afastado da presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo prometeu para o Governo Federal a demissão de Tite e a contratação de Renato Gaúcho para comandar a seleção brasileira.

A informação foi divulgada pelo jornalista da Sport TV, André Rizek, e publicada no site Globo Esporte neste domingo, antes da confirmação do afastamento de Caboclo.

De acordo com o jornalista, a ideia seria demitir Tite após o jogo contra o Paraguai, na terça-feira (8). A possível chegada de Renato é bem vista pelo Planalto, já que ele é apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O ex-técnico do Grêmio assumiria o time de imediato e faria a convocação dos atletas para disputar a Copa América, que até então será no Brasil e tem início no próximo domingo (13).

Porém, a comissão técnica da seleção estaria fechada em não jogar a competição no país. Tite e os jogadores prometem se manifestar após o jogo de terça.




*Bahia.Ba

Nenhum comentário