Novidades


 

 


Presidente em exercício da CBF descarta demissão de Tite da Seleção


O presidente em exercício da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Antônio Carlos Nunes, garantiu que não deve demitir o técnico Tite do comando da Seleção Brasileira, algo especulado nos últimos dias. "Eu digo assim: não estamos ganhando? Saímos vencedores da Copa América. E praticamente classificados na Copa do Mundo. Se ganhar amanhã, vamos aos 18 pontos. Aquele ditado: em time que está ganhando não se mexe", disse em entrevista.

Nunes assumiu o posto após o afastamento de Rogério Caboclo, atual presidente da CBF, que está sendo acusado por assédio moral e sexual por uma funcionária da Confederação. Caboclo via a demissão de Tite com bons olhos após o treinador endossar o discurso dos jogadores contra a realização da Copa América no Brasil.

No comando da canarinho desde setembro de 2016, Tite comandou a seleção em 53 partidas com 39 vitórias, 10 empates e somente 4 derrotas. No período a Seleção amargou a eliminação da Copa do Mundo de 2018 diante da Bélgica e conquistou a Copa América em 2019, algo que não ocorria desde 2007.



*Radar da Bahia

Nenhum comentário