Novidades


 

 


Ex-vereador apontado como mandante da morte de Marielle é preso


O ex-vereador do Rio de Janeiro, Cristiano Girão, foi preso pela Polícia Civil em sua residência, na cidade de São Paulo, por suspeita de ser mandate do assassinato de Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes.

O executor da morte da vereadora do PSOL e do seu motorista Anderson Gomes, o ex-policial militar Ronnie Lessa também foi alvo da operação que investiga a participação nos homicídios de André Henrique da Silva Souza, o Zóio, e Juliana Sales de Oliveira, em junho de 2014,

Ele foi citado por Júlia Lotufo, a viúva de Adriano da Nóbrega, miliciano morto em operação policial na Bahia, também apontado como um dos mandantes do assassinato de Marielle Franco.

A ação foi motivada pela denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro, e a da Delegacia de Homicidios da Capital Fluminense contou com apoio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic-SP).

Girão foi eleito em 2008, mas foi preso já no ano seguinte por por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, por comandar uma milícia na região de Gardênia Azul, no Rio.




*Varela Net|

Nenhum comentário