Novidades

 


Lauro de Freitas atinge a marca dos 50% do público-alvo vacinado com 1ª dose contra a Covid-19


Dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SESA), nesta terça-feira (6), apontam que 75.216 pessoas já receberam a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 em Lauro de Freitas. O número equivale a 50% da população adulta do município. “Estamos empenhados nessa campanha para salvar vidas”, comemora o titular da secretaria, Augusto Cesar Pereira. O município que se tornou referência na imunização pela rapidez com que aplica as doses, montou uma logística que agiliza todo o processo. “Assim que as doses são liberadas para o município, os drivers são instalados, o público é convocado e iniciamos a vacinação”, afirma César.

O município já zerou o público de idosos acamados e outros públicos alvo, e avançou muito na população com comorbidades e chegou a faixa etária de 43 anos. O secretário também aponta o bom desempenho do município na aplicação da segunda dose. Mais de 32 mil pessoas já completaram o ciclo de imunização contra a doença.

Vacina já

O município está vacinando pessoas em situação de rua. Até sexta-feira (09), mais de 100 pessoas que fazem parte desse público serão vacinadas contra a Covid-19, em Lauro de Freitas. A imunização com dose única da Janssen teve início na manhã desta terça-feira (06), na localidade do Largo do Sossego, em Itinga. A administração das doses contemplou pessoas atendidas pelo Consultório na Rua - equipamento municipal que atua na prestação de serviços de saúde a essa parcela da população.

Além do local, a equipe aplicou as doses na Baixinha, Parque São Paulo, Beira Rio, Pedrita, Praça José Ramos, Tropical de Cima e São Judas Tadeu. Dados do cadastro mapearam 70 pessoas em Itinga. São 125 pessoas em toda Lauro de Freitas.

O público-alvo desta manhã foram, além das pessoas em situação de rua, os dependentes alcoólicos, conforme explicou o arte-educador do Consultório na Rua, Rubenval Menezes. Contemplado com a imunização, José Roberto, 78, contou que a imunização representa um momento feliz. "Dá um pouco mais de segurança para a gente aqui", comentou. Para Carlos Humberto Leão, 50, a vacinação veio em uma boa hora. "Agora a gente tá longe de todo esse estrago da pandemia".



*Radar da Bahia 

Nenhum comentário