Novidades

 


Rodoviários prometem novos protestos se acordo não for homologado nesta sexta-feira


Em mais um protesto criticando a falta de homologação de acordo, os rodoviários que atuavam na extinta CNS estão com os ônibus parados nas garagens. A paralisação ocorre até 8h, como forma de pressionar que o acordo seja assinado.

Em entrevista ao bahia.ba na manhã desta sexta, o diretor de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota, informou que novas manifestações podem ocorrer caso as partes não se entendam.

Ele explicou que a categoria se queixa da falta de verbas indenizatórias para os trabalhadores que atuavam na CSN, que faliu e passou por intervenção da Prefeitura de Salvador.

Com o prefeito Bruno Reis (DEM) já tendo assinado o acordo, a pressão agora é sobre o TRT5 (Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região)

“O prefeito já assinou a parte dele. Está na mão do Tribunal Regional do Trabalho. Temos a expectativa que assine hoje. Se não assinar, vamos continuar fazendo protestos como esses. Os trabalhadores estão passando dificuldades. Já são 100 dias que ocorreu o acordo, tem limite”, explicou.

Os ônibus da antiga CSN são responsáveis por 25% do total das linhas que circulam em Salvador. Com a paralisação dos rodoviários, a gestão municipal montou um esquema especial para atender a população.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário