Novidades


 

 


Secretário diz que empresários de ônibus só querem dinheiro e ignoram mortes e assaltos


Após o governador Rui Costa (PT) anunciar mais investimentos para o sistema de reconhecimento facial, o secretário de Segurança Pública da Bahia, Ricardo César Mandarino, criticou duramente os empresários de ônibus por não investirem em tecnologia para diminuir os índices de assaltos em Salvador.

Em entrevista ao bahia.ba nesta terça-feira (27), o secretário disse que os patrões só “querem ganhar dinheiro” e se preocupam apenas em vigiar os rodoviários. “Os empresários de ônibus não colaboram nem um pouco. Não colaboram absolutamente nada. Eles não estão nem aí, estão preocupados com as câmeras que focam no motorista e no cobrador, para ver se o cobrador está roubando ou se o motorista está fazendo coisa errada. Eles estão se lixando para que o pessoal morra, seja assaltado. Não estão nem aí”, afirmou.

Apesar da falta de investimento, Mandarino relatou que os índices de assaltos estão em queda. Segundo ele, foram 732 assaltos entre janeiro e 17 de julho. Se comparado ao mesmo período do ano passado, houve queda de 29%, com 1.034 assaltos.



*Bahia.Ba

Nenhum comentário