Novidades


 

 


CPI da Covid quer esclarecimentos sobre quem autorizou argentinos a entrar em campo


A presidente da CPI da Covid, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), pretende protocolar nesta segunda-feira (6) um pedido de informações sobre quem autorizou os jogadores argentinos a entrar em campo para enfrentar o Brasil, no domingo (6), na partida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo que acabou cancelada por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo Randolfe, caso não haja esclarecimentos, o colegiado estuda convocar CBF ou a própria agência.

"Vamos enviar requerimento à CBF, através da CPI da Pandemia, solicitando resposta para o seguinte: Com quais autoridades o Governo Brasileiro fez 'acordo' para burlar as regras sanitárias da Anvisa?", escreveu o senador no Twitter.

A CPI apura ações e eventuais omissões do governo federal no combate à pandemia de Covid-19 no país. Os trabalhos estão previstos para terminar até o fim de setembro.

Agentes da Anvisa entraram no gramado da Neo Química Arena e interromperam o jogo entre Brasil e Argentina para impedir que os quatro jogadores argentinos que vieram da Inglaterra e não cumpriram quarentena disputassem o confronto de hoje contra a seleção brasileira.

O presidente do órgão, Antonio Barra Torres pediu a deportação dos quatro jogadores por mentiram na declaração de viajantes. Segundo ele, os jogadores omitiram que havia passado pela Inglaterra e não fizeram a quarentena obrigatória.



*Metro1

Nenhum comentário