Novidades


 

 


Iridan Brasileiro faz balanço positivo da secretaria de saúde em Simões Filho

Secretária de Saúde/Iridan Brasileiro 


A Secretária de Saúde de Simões Filho Iridan Brasileiro, foi a entrevistada na Rádio Simões FM 87.9, na tarde desta terça-feira (28) através do Programa Panorama de Notícias.


A gestora da pasta, avaliou o trabalho da secretaria ao longo dos quase dois anos de pandemia.


"Tem sido muito difícil desde o inicio, logo no começo a partir de maio enfrentamos uma primeira onda violenta de um vírus desconhecido que trazia um poder muito grande de adoecimento e mortalidade. Permanecemos nessa primeira onda até o final de julho inicio de agosto com índices elevados, números altos, muito trabalho para os profissionais de saúde, e ai começamos a ter um platô ainda alto de mortalidade, mas já com aquela esperança de que isso iria passar. Infelizmente isso não aconteceu como a gente imaginávamos, em seguida tivemos uma segunda onda ainda pior, onde a partir de janeiro os números começaram a aumentar, fevereiro tivemos um mês muito difícil, ainda em março e por fim só a partir de abril que a gente percebeu que esses números foram decrescendo, incluindo o adoecimento e mortalidade também", avaliou.



VÍRUS DESCONHECIDO

"Foi muito difícil lidar com o coronavírus, vírus que faz mutação, as mutações chegam com um poder de disseminação muitas vezes de letalidade e mortalidade maior, e um vírus que a gente não sabia com tratar terapeuticamente falando, e não tínhamos vacinas preventivamente falando. Muito complexo e eu diria que para a nossa geração, foi o momento mais difícil da humanidade", destacou.



VACINA

"Com a chegada da vacina naquele momento dissemos que um fio de esperança se renovou, e cada trabalhador e cada profissional de saúde pôde respirar um pouco, entendendo que no primeiro momento seria imunizado e estaria de uma certa forma menos exposto com o adoecimento e com a mortalidade. Temos que lembrar que cada profissional que trabalhou, se dedicou, que cuidou e buscou a cura dos nossos pacientes também estava exposto, então a vacina ela chega com esse fio de esperança para os profissionais de saúde e para a população de modo geral", pontuou.



ESTABILIDADE NOS NÚMEROS

"Ainda temos muita precaução mesmo com a estabilidade dos números, a pandemia ainda não acabou, essa redução nos números de adoecimento e mortalidade tem uma relação muito direta com a imunização e isso é um ponto muito importante. Porém, a gente não pode esquecer que ainda estamos vivendo um momento de pandemia, os cuidados são muito importantes e ainda precisamos manter as medidas protetivas", afirmou.



RESISTÊNCIA A VACINA

"Isso é um fator muito negativo, a gente precisa realmente que a população volte, que tome sua segunda dose, as vacinas elas têm a primeira e segunda dose justamente pensando na questão da soro conversão e com isso trazer a imunidade. Só a primeira dose não garante a imunidade e nem a proteção, isso traz um problema individual e de coletividade, por isso fazemos esse apelo para que as pessoas retornem para tomar a segunda dose, o nosso prefeito Dinha tem nos cobrado diariamente para que nós possamos chamar a população para essa consciência de que a segunda dose é tão importante quanto a primeira dose", explicou.



PARCERIA COM OUTRAS SECRETARIAS

"Essa parceria é excelente, graças a Deus a gente tem uma relação muito boa com os nossos pares, os outros secretários e ai eu aproveito para agradecer a cada um deles, entendendo que essa integração e articulação é de fundamental importância. As políticas elas precisam estar sempre integradas, até porque a gente faz saúde mas juntos faremos outras políticas da mesma forma e a nossa relação é muito boa, é de parceria de verdade, é de união e isso é muito fruto também de uma filosofia de trabalho do nosso líder o nosso prefeito Dinha que é de unidade sempre", destacou.


LEGISLATIVO

"O Legislativo é fundamental, ele é a voz do povo, é quem representa diretamente as comunidades e graças a Deus a parceria com o Legislativo tem sido uma parceria muito positiva, inclusive os representantes da comissão de saúde dialoga semanalmente com a gente, tenho levado as demandas e a gente tem buscado sim soluções, então assim é muito boa sim a parceria com o Legislativo", afirmou.



DINHA

"Nós temos um líder, o prefeito Dinha é um líder e como um bom líder ele lidera muito bem. A nossa relação com ele é uma relação próxima, é uma relação construtiva, o prefeito ele investe na saúde, ele acredita na saúde preventiva que é um ponto importante que é atenção primária, mas ele não deixa em momento algum de pensar na saúde curativa também. Ele é um gestor comprometido com a saúde, está perto, colabora na construção, no planejamento e eu diria mais (risos), ele entende de saúde", concluiu.






Por Ataíde Barbosa

























Nenhum comentário