Novidades


 

 


Homem se casa com panela elétrica, mas pede divórcio quatro dias depois alegando que ela 'só faz arroz'


Um homem se casou com uma panela elétrica e se arrependeu do casamento quatro dias depois. O caso para lá de inusitado aconteceu no final de setembro, em Jakarta, na capital da Indonésia.
Khoirul Anam decidiu casar com a panela elétrica por um único motivo: para que ela fizesse arroz para ele todos os dias. O rapaz chegou a assinar a documentação exigida por um cartório oficializando a relação entre o “casal”.

Para o casamento, a panela elétrica foi vestida com um véu branco, tão idealizado por noivas.

Na sequência, após o matrimônio, o casal partiu para a lua de mel. Khoirul publicou uma foto em que está deitado na cama com a panela, sua “esposa”. Todas as fotos foram publicadas em sua conta no Facebook.

Também por meio da rede social, o homem elogiou a esposa por ser “amorosa”, “obediente” e que, sem ela, “meu arroz não está cozido”.

Apesar das declarações de amor, o indonésio decidiu se separar menos de uma semana depois do casamento ao alegar que a panela elétrica só faz arroz.

O caso viralizou na internet.




*Itatiaia.com.br

Nenhum comentário