Novidades


 

 


Leão diz que vai colocar Neto ‘no colo’ e que será eleito governador no 1ª turno


Vice-governador e secretário estadual de Planejamento, João Leão (PP) disse nesta terça-feira (5) que vai colocar o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) “no colo” durante a disputa pelo governo da Bahia em 2022. “Sou candidatíssimo. Tenho medo de Netinho coisa nenhuma. Vou colocar ele no colo. Sou um grande pai, tomo conta de todo mundo”, disse em entrevista à Rádio Digital 104.3 FM.

Líder do PP, que integra a base do governador Rui Costa, Leão comentou sobre o impasse que encontra com o nome do senador Jaques Wagner (PT) sendo colocado como pré-candidato ao governo do Estado. Para ele, “chegou a hora de o PT abrir mão” de encabeçar a chapa para apoiar um aliado.

“Jaques é muito meu amigo, adoro ele, mas chegou a hora de o PT abrir mão um pouquinho. Apoiei Wagner, apoiei Rui. Quando apoie Rui, Souto tinha 43% e, Rui, 2%. Eu disse que ganharia a eleição em primeiro turno, disseram que eu era maluco… E ganhamos no primeiro turno”, declarou Leão.

Seguindo a linha do que acompanhou com a campanha do atual governador, o pepista vê sua vitória com folga na corrida pelo Palácio de Ondina em 2022. “Estou dizendo, vou ganhar a eleição de governador no primeiro turno. Baiano não é burro, é inteligente. Se vê que tem uma pessoa responsável, com qualidades morais… Tenho 35 anos na política. Em 35 anos, nunca comprei um imóvel para mim nem para ninguém da minha família”, disse.

“Quero prestar um serviço à Bahia como prestei à cidade de Lauro de Freitas, que modéstia parte tem um divisor de águas: antes e depois de Leão. Isso você pode perguntar a todo mundo. Lauro de Freitas e a Bahia precisam”, acrescentou.

Caso eleito, João Leão pretende se dedicar ao desenvolvimento econômico do estado, como tem feito junto à Seplan-BA. Segundo ele, seu foco será em tirar a Bahia do 22º lugar no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) e levar para o topo do ranking.

“Quero chegar junto de São Paulo, que é o segundo IDH do Brasil. O estado da Bahia tem amplas condições de ter desenvolvimento econômico maior do que São Paulo. Nossas riquezas naturais são tão grande”, destacou.




*Bahia.Ba

Nenhum comentário