Novidades


 

 


"O vereador Roberto Souza quer de algum modo ganhar visibilidade", declara Eri Costa

Vereador Eri Costa/Foto: Luciano Cunha 


A decisão do vereador Roberto Souza (PODEMOS) em judicializar a votação do Projeto de Lei 035/2021 que versa sobre o Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal (PDDM), está causando o maior rebuliço na política de Simões Filho.


Na manhã desta sexta-feira (01), durante visita a Escola Vilobaldo Rocha, na localidade do Guerreiro, o vereador Eri Costa presidente da câmara falou ao PN sobre o assunto.


"Eu não fico surpreso com essa atitude do vereador Roberto porque ele é de Salvador, foi bem acolhido aqui na cidade e de algum modo ele está procurando ganhar visibilidade, e em nenhum momento ele questionou o projeto em si. Quero ressaltar que o projeto é muito salutar, vai gerar muita renda para o povo de Simões Filho e ele está sendo contra apesar de não ter coragem de votar contra, porque ele sabe que o projeto é viável mas teve a coragem de ir procurar a justiça para poder desfazer até da própria Casa Legislativa, é um tanto quanto estranho o comportamento do vereador porque a gente não sabia. Quero deixar claro que ele entrou com um mandado de segurança com os argumentos dele de que não houve audiência pública onde ele já participou inclusive da audiência pública, mas o jurídico da câmara e da prefeitura já estão acompanhando e acredito até que o vereador irá responder por litigância de má fé", desabafou Eri Costa.




Por Ataide Barbosa

Nenhum comentário