Novidades


 

 


Série "Round 6" vira motivo de preocupação em escola do Paraná; direção manda carta com alerta aos pais


A popularidade da série sul-coreana "Round 6" entre crianças virou motivo de preocupação para pais e professores da escola O Pequeno Polegar, em São José do Pinhais, no Paraná.

O diretor da escola, Haroldo Andriguetto, 37, diz que começou a ficar preocupado quando viu que a maior parte dos alunos estava reproduzindo as competições da série, e "fingindo também que estavam matando umas às outras." As informações form divulgadas pelo jornal Folha de S.Paulo.

Na série, 456 pessoas com problemas financeiros são convidadas a participar de uma competição na qual precisam vencer provas para ganhar um prêmio milionário. Pelas regras do jogo, os competidores participam de jogos infantis, e quem perde é morto, o que eleva o valor do prêmio.

Na quinta-feira (7), a direção do colégio decidiu enviar uma carta aos responsáveis alertando que crianças de 8 a 10 anos estavam assistindo à produção da Netflix, cuja classificação indicativa é de 16 anos, por trazer cenas de sexo e violência. No documento, a escola afirma ser direito das famílias decidir o que é melhor para as crianças, mas salienta que o conteúdo impõe riscos psicológicos aos jovens.

Após enviar o documento aos pais, a direção recebeu por volta de 15 e-mails agradecendo o alerta. Alguns dos responsáveis nem sabiam que os jovens estavam acompanhando "Round 6". "Ao conversar com os filhos, eles se surpreenderam porque as crianças sabiam tudo sobre a série", disse o diretor.



*Metro1

Nenhum comentário