Novidades

 


Após invasão ao CT do Bahia, organizada é punida com 60 dias de suspensão


A Torcida Organizada Bamor, maior grupo de torcedores do Bahia, anunciou em nota na última terça-feira (18) que está suspensa dos estádios por 60 dias após decisão do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe). A punição ocorre após a invasão ao CT Evaristo de Macedo no último dia 8 de janeiro.

"Em respeito a decisão emitida pelo Comandante do BEPE, fica proibido o uso de qualquer material da nossa instituição nas praças esportivas. A proibição perpassa pela não presença da bateria, camisas, bandeiras e faixas da Torcida Bamor em jogos do Esporte Clube Bahia", diz o comunicado da torcida.

A nota da Bamor também rendeu críticas à gestão do presidente Guilherme Bellintani e do vice-presidente Vitor Ferraz. "Nossa inquietação só acabará quando expurgarmos do nosso clube todos incompetentes e fracassados que gerem a nossa maior paixão, o Esporte Clube Bahia".

Nos últimos dias, a Bamor tem sido ativa em protestos contra a diretoria. As reclamações são reflexo do rebaixamento do clube à Série B do Campeonato Brasileiro.


Confira a nota na integra:




*Bahia Notícias

Nenhum comentário