Novidades

 


Após um ano, Bahia vacinou 87% da população contra a Covid-19


Esta quarta-feira, 19 de janeiro, marca o período de um ano desde que a vacinação contra a Covid-19 teve início na Bahia. Desde então, com grande parte da população vacinada, o estado viu as mortes pela doenças caírem para longe do pico apresentado em 2021, mesmo que atualmente conviva com uma alta no número de novos casos registrados da doença em função da variante ômicron.

Em um ano da campanha de vacinação, a Bahia aplicou 22.016.091 doses de vacinas contra Covid-19. Desse total, 10.900.691 são primeira dose, 9.040.834 são segunda dose. Outras 1.811.592 são doses de reforço (terceira dose), segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Agora, com a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Bahia espera vacinar 1,5 milhão de crianças de 5 a 11 anos. A imunização da faixa etária começou nos municípios baianos nesta semana.

A região leste da Bahia, alavancada por Salvador, é a região com maior percentual de pessoas vacinadas. Ao todo, 98,2% da população da região recebeu ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19. A região menos vacinada é a norte, com 90,5% da população com uma dose.

Em relação a segunda dose, a população da região leste está 93,7% completamente vacinada. Já na região sul, esse número cai drasticamente para 73%. Na região norte da Bahia são 80,2% completamente imunizados.



Situação de Salvador

A capital baiana, que também conta com um expressivo aumento no número de casos de Covid-19, foi responsável pela aplicação 4.841.994 doses de vacinas contra a doença até a manhã desta quarta. Deste total, 2.185.089 foram primeira dose; 1.998.359 imunizados com segunda dose ou dose única e 658.546 com dose de reforço.

Na última semana, diante do avanço da variante ômicron e do aumento do número de casos de janeiro, a procura pela dose de reforço aumentou na cidade. No momento, 33% da população soteropolitana recebeu a 3ª dose, mas muitos seguem em atraso. Tem direito a dose de reforço todos aqueles que completaram quatro meses da segunda dose.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, Salvador vacinou 96% da população com uma dose. Em relação a segunda dose, esse percentual cai para 88%. O público-alvo da campanha, ou seja, todos aquele acima de 5 anos, é de 2.280.451 pessoas.

"Para deixar claro o impacto dessa mega operação de imunização, obtivemos nesse período uma expressiva redução das internações de pessoas apresentando quadro graves e também a redução de óbitos. A partir da vacina, idosos que desde a primeira hora eram apontados como grupo de risco, passaram a experienciar sintomas leves, mostrando a todos, a eficácia da vacina", publicou em um artigo, o secretário de Saúde de Salvador, Leo Prates.


Aumento de casos ativos

A Bahia passou meses com média de 2 mil a 3 mil casos ativos de Covid-19. No momento, o estado conta com 10.980 casos ativos, de acordo com a Sesab. O número de casos alcançou um patamar visto em julho do ano passado. Apesar disso, a taxa de ocupação de leitos de UTI é de 65%, mesmo com a diminuição de leitos disponibilizados.

Em toda a pandemia, o estado registrou 27.695 mortes por Covid-19. Além disso, a Sesab aponta que 1.255.594 são consideradas recuperadas após um total de 1.294.269 de casos confirmados.





*A Tarde

Nenhum comentário