Novidades

 


Jornalista é assassinada pelo marido na noite de Réveillon


O engenheiro Reges Amauri Krucinski, 43 anos, foi preso no município de Porto Seguro, na última sexta-feira (31), momentos depois de assassinar a tiros a esposa, a jornalista Juliana de Freitas Alves, 41. O crime aconteceu em uma casa, no bairro Xurupita, no início da noite de Réveillon. Uma criança de 10 anos, filha de Juliana, presenciou o crime.

A Polícia Militar encontrou Reges após uma busca no condomínio onde tudo aconteceu. Ele foi encontrado e confessou o crime. À polícia, afirmou que matou a mulher com uma das três armas que guardava em casa. Segundo a PM, Reges afirmou que é praticante de tiro esportivo. Não há a confirmação de que ele tem porte de arma.

Natural de São Paulo, o casal estava casado há cerca de dois anos e, há menos de dois meses, chegaram a Porto Seguro. Pretendiam se estabelecer no local, segundo informou familiares.

O engenheiro está custodiado na Delegacia de Porto Seguro, responsável pela apuração do caso.




*Metro1

Nenhum comentário