Novidades


 

 


MP recomenda disponibilização de mais leitos e UTI pediátricos na Bahia



O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou ao Governo do Estado e à Prefeitura de Salvador que disponibilizem mais enfermarias e leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátricos para pacientes com Covid-19.

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), na terça-feira (25), Salvador tinha 95% dos leitos de UTI pediátricos ocupados para pacientes com Covid-19.

Segundo os dados da Sesab, existia apenas uma vaga para leitos de UTI na capital baiana, já que 19 dos 20 implantados estão ocupados.

Quem também registrava taxa de leitos de UTI pediátricos próximo de 100% de ocupação é a Bahia (93%). O estado tinha 27 dos 29 equipamentos preenchidos.

No último sábado (22), a capital baiana já tinha registrado 100% dos leitos de UTI pediátricos ocupados, mas no domingo (23) houve liberação de vagas.


Recomendação

A recomendação feita na terça-feira (25) foi assinada pelos coordenadores do GT Coronavírus, os promotores de Justiça Frank Ferrari, Patrícia Medrado, Rita Tourinho e Rogério Queiroz, e pelo promotor de Justiça da 8ª Promotoria da Infância e Juventude Carlos Martheo Guanaes.

“A manutenção da oferta de leitos já existentes, face ao registrado aumento de casos ativos e hospitalizações por Covid-19, pode resultar na total desassistência ao público pediátrico”, disseram os promotores de Justiça autores da recomendação.

Os promotores de Justiça ainda destacaram que, de acordo com os dados disponibilizados nos boletins infográficos divulgados diariamente pela Secretaria Estadual de Saúde, a Bahia já contou com 67 leitos de enfermaria pediátrica Covid-19 (de abril a agosto de 2021) e 41 leitos de UTI pediátrica Covid-19 (de agosto a setembro de 2020).

No documento, o MP solicitou que o governo e a prefeitura se manifestem sobre a recomendação no prazo de cinco dias úteis e enviem informações sobre as providências adotadas para o cumprimento.

Nesta quarta-feira (26), o prefeito de Salvador, Bruno Reis, anunciou que vai contratar mais 200 profissionais para os pontos de testagem e de vacinação contra Covid-19, de forma emergencial, após 40% dos funcionários do órgão serem afastados pela doença.

O gestor afirmou que na quinta-feira (27), além do detalhamento de como serão feitas as contratações, também serão anunciados mais leitos de UTI pediátricos, clínicos médicos e pontos de testagens.




*Tribuna da Bahia

Nenhum comentário