Novidades

 


Primeira quinzena de 2022 tem redução de quase 30% em mortes violentas na Bahia


Em comparação com os primeiros 15 dias de 2021, neste ano, a Bahia registrou redução de 28,7% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), categoria que engloba homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Os números são da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Em números absolutos, foram menos 74 mortes contabilizadas, com relação aos 258 casos no ano anterior.

A maior redução aconteceu nos municípios do interior baiano, região onde houve a diminuição de 32,7% (de 168 para 113). Em Salvador, as mortes violentas caíram de 57 em 2021, para 41 este ano. Já na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a queda foi de 33 para 30 casos, menos 9,1%.

O secretário da Segurança Pública, Ricardo César Mandarino, comemorou a redução. “Esse é o resultado de uma série de ações que vão desde o aumento do policiamento nas ruas, ao trabalho silencioso de investigação. Também estamos com forte atuação, em parceria com a Seap, nas revistas dos presídios e para impedir a entrada de celulares nesses locais. A iniciativa ajuda a evitar a comunicação entre os detentos e criminosos que ainda não foram capturados, o que reflete diretamente na redução do número de mortes”, disse.

Ainda segundo ele, o início de 2022 mantém a tendência do último trimestre de 2021, quando foram registradas reduções sucessivas, a partir do mês de outubro.

Ainda assim, o número de mortes violentas se mantém alto no estado. Apesar das quedas, apenas nos primeiros 15 dias deste ano foram 184 casos registrados.




*Metro1

Nenhum comentário