Novidades


 

 


Padre compartilha vídeo pornográfico por engano em grupo da paróquia


O padre Francisco Oliveira, de 45 anos de idade, compartilhou por engano um vídeo pornográfico no grupo de WhatsApp da paróquia de Oliveira dos Campinhos, no município de Santo Amaro, Recôncavo da Bahia. O fato ocorreu na última quarta-feira (2) e provocou polêmica na cidade. As informações são do portal G1.

O vídeo compartilhado por Francisco Oliveira tem mais de dois minutos de duração e mostra dois homens em relação sexual. Diversos fiéis abandonaram o grupo de WhatsApp após a postagem.

O padre alegou que tem problemas de coordenação motora e postou o material de forma involuntária e indevida, depois que recebeu de outro contato e tentou deletar o vídeo da conversa.

“Sou portador de uma comorbidade, e não tenho coordenação motora. Recebi muitos vídeos pornográficos. Como não dou ‘Ibope’ a essas coisas, excluí. No momento em que apertava a lixeira do aparelho, entrou uma mensagem do grupo da Sagrada Família e o vídeo foi parar no grupo. Foi por engano”, explicou.

Mesmo com a explicação e com o apelo do padre para que as pessoas permanecessem no grupo, intitulado “Sagrada Família”, fiéis continuaram deixando o grupo (veja na imagem abaixo).






*Bahia Notícias




Nenhum comentário