Novidades

 


Diretório Nacional do PT aprova alianças eleitorais com ex-adversários


O Diretório Nacional do PT aprovou nesta quinta-feira (24) resolução permite alianças com ex-adversários políticos a fim de derrotar o presidente Jair Bolsonaro na eleição deste ano. De acoro com o G1, a decisão representou uma derrota das correntes internas do partido que são contrárias à participação do ex-tucano e ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin na chapa presidencial.

Segundo a publicação, texto não menciona Alckmin nominalmente, mas diz que a aliança com ex-rivais “deverá trazer, já na composição da chapa de presidente e vice-presidente, a ampliação e a unidade que se espera das forças de oposição ao governo nesta quadra da história, respeitando os compromissos programáticos antineoliberais […] Quem outrora não esteve conosco é mais do que bem-vindo a participar deste movimento que devolverá a cadeira de presidente da República ao povo brasileiro”, diz a resolução.

De acordo com o documento, “para derrotar o bolsonarismo é preciso dar uma resposta de unidade da sociedade brasileira. Uma unidade que tem seu conteúdo baseado no enfrentamento ao ódio, às desigualdades, à política genocida e à depredação ambiental de um governo que, em três anos, só promoveu destruição e retrocessos”.

Esta foi a primeira reunião do diretório nacional neste ano, na qual também foi aprovada a formação de uma federação partidária com PV e PC do B.




*Bahia.Ba

Nenhum comentário