Novidades

 


Esposa de empresário encontrado morto em pousada de luxo tem prisão preventiva decretada


Shirley da Silva Figueiredo e sua amiga Maqueila Bastos se tornaram nesta segunda-feira (14) oficialmente foragidas da Justiça. Shirley é esposa do empresário Leandro Troesch, dono da pousada Paraíso Perdido. Ele foi encontrado morto no dia 25 de fevereiro na própria pousada de luxo, da qual era dono, em Jaguaripe, no baixo sul da Bahia.

Além de investigar a morte de Leandro, a Polícia Civil também apura o assassinato do funcionário dele, Marcel da Silva Vieira, conhecido como Billy, morto no dia 06 de março. Shirley é investigada porque foi a única pessoa que estava próxima do empresário quando ele morreu. Além disso, fugiu da pousada durante as investigações.

Ela já era considerada foragida da Justiça, pois já cumpria prisão domiciliar e não poderia deixar o local sem comunicar o fato.

Já a ex-detenta e amiga da viúva, Maqueila Bastos, também é umas das investigadas por participação nos crimes. Ela responde a oito processos por estelionato, fez amizade com Shirley durante a prisão e ao ser liberada, trabalhou na pousada Paraíso Perdido.

Maqueila foi demitida 10 dias antes da morte de Leandro, porque o empresário não aprovava a amizade entre as duas.




*Metro1

Nenhum comentário